Notícias
Notícias da Câmara Municipal de Patos
Câmara Municipal de Patos realiza Audiência Pública para debater causa animal
             A Câmara Municipal de Patos realizou na noite desta sexta-feira, dia 07 de abril, a sua terceira Audiência Pública, desta vez com o tema “Animais, proteger ou maltratar?”, que debateu a causa animal como castração, alimentação e o disciplinamento das carroças de tração animal. A Audiência foi uma solicitação do vereador, Edson Hugo (PTN).

             Na ocasião, várias entidades foram convidadas para participar do evento, Coletivo Voluntário Adota Patos, GIAASP, GAPP, SESI, STTRANS, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Meio Ambiente do Município, Secretaria de Agricultura do Município, Polícia Civil, Guarda Municipal e sociedade civil.

             O vereador Edson Hugo explicou que serão apresentadas alterações na lei municipal sancionada no ano passado com novos artigos relacionados ao disciplinamento dos veículos de tração de animal e destacou que cada setor responsável assuma sua responsabilidade.

             Relacionado às carroças de tração animal ficaram acertados que haverá o cadastramento do responsável, a colocação de placas, adesivos para facilitar a situação de trânsito, capacitação dos proprietários das carroças de tração animal, colocação de dois eixos para evitar o peso sobre o animal. Será feito um estudo sobre uma parceria entre município e PetShop’s da cidade e com o Hospital veterinário para a realização de castração, tendo em vista o desconto nos impostos, bem como a possibilidade de transformar o Castramóvel em um SAMU Animal.

             “Pegaríamos esse veículo e transformaríamos em um ‘SAMU Animal’ para que ele faça esse trabalho com qualquer animal acidentado, caso seja necessário ser transportado ao Hospital Veterinário ou até mesmo ao abrigo”, explicou Edson Hugo.

             O disciplinamento das carroças ficará a cargo da STTRANS, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, e a colocação das placas não acarretará custo ao proprietário, assim como explicou o vereador.

             “Quero tranquilizar a população mais carente que é sem custo, que não vai ter emplacamento. Essa numeração da placa é somente para identificar o veículo para podermos saber dos possíveis infratores”, garantiu.

             O Secretário de Agricultura de Patos, João Paulo Lacerda, avaliou como satisfatório o resultado da Audiência já que foi possível conhecer mais profundamente a problemática da causa animal, bem como mostrou o que o município já vem fazendo pelos animais em Patos.

             “Nós já estamos em estado avançado com a formação do abrigo dos animais, já temos a captura dos animais de grande porte que também já é um avanço muito significativo, tanto na zona urbana como nas rodovias em parceria com a Polícia Rodoviária Federal”, disse.

             O Secretário garantiu que desde o último dia 24 o prefeito Dinaldinho Wanderley (PSDB) cadastrou no sistema do Ministério da Saúde o Centro de Zoonoses de Patos, tendo em vista que já está apto a receber os recursos para iniciar os trabalhos. João Paulo também garantiu o abrigo dos animais que atenderá os cães e gatos até a conclusão do Centro de Zoonoses, sendo que no final, serão unificadas todas as associações de proteção animal na Escola Técnica do Município.

             Fizeram uso da tribuna nesta noite os membros do Coletivo Voluntário Adota Patos, Yasmin Tuanne e Júnior Vieira, momento em que foram explanadas as dificuldades na realização do trabalho voluntário do grupo.

             “Podemos abordar os temas dentro dos direitos dos animais e trocarmos ideias que pudessem ser colocadas em práticas dentro de vários órgãos, dentro da sociedade, órgãos públicos e representantes que estavam aqui para facilitar essas ações que já são leis”, afirmou. Júnior Vieira avaliou a Audiência de forma positiva e espera que as ações discutidas sejam colocadas em prática, tendo em vista que houve um comprometimento do legislativo em reforçar outras ações sobre a causa animal.

             Emocionada, Yasmin Tuanne, usou a tribuna da Casa Legislativa para relatar sobre os cuidados e a luta que o grupo Adota Patos passa em seu cotidiano para conseguir ajudar aos animais e ajudar a outras pessoas que também fazem isso de maneira particular. Ela disse sentir-se esperançosa após a criação do abrigo animal.

             “Essa parceria com a prefeitura eu posso dizer que vai ser uma grande melhoria, um grande avanço para o nosso grupo porque com o abrigo municipal a gente vai poder ter um controle maior de resgate de animais do local onde eles vão ficar até ter sido concluído o tratamento e levar novamente para a adoção”, comemorou.

             Ela concluiu dizendo que o Abrigo Animal, apesar de um paliativo, é um começo para ajudar na causa animal.

             Compareceram a Audiência Pública os vereadores, Sales Júnior- PRB (presidente da Casa), Diogo Medeiros (PSB), Edson Hugo (PTN), Suélio Caetano (PTN), Ederlan Oliveira- Goia (PV), Edjane Barbosa (PRTB), Tide Eduardo (PMDB), Ramon Pantera (PTN), Ferré Maxixe (DEM), Nadir Rodrigues(PMDB), Lucinha Peixoto (PCdoB), o agente de trânsito, Antônio Coelho que esteve representando o superintendente da STTRANS, Aldo Xavier, Secretário do Meio Ambiente, Natécio Alves, o presidente do Grupo Independente de Análise e Ação Social e Política de Patos – GIAASP, Luciano Dias, Hemerson Andrade (Sesi), Daniel Dantas (representante do SESI), Benigna Dantas (membro do Adota Patos), Késia Karenine (representante do Canil Abrigo de animais de pequeno porte), José Irlan (representante das Associações Comunitárias) e Rafael Gomes (Guarda Municipal).



ASCOM - CMPatos

Imprimir pdf Mais Notícias Whats App Facebook pdf