Notícias

Vereadores cobram da STtrans a repintura de faixas de pedestres

Os vereadores de Patos-PB cobraram durante as Sessões Ordinárias desta terça-feira (09) e quinta-feira (11), a revitalização da pintura de faixas pedestres da cidade. Na terça (09), a vereadora Fatinha Bocão (Republicanos) protocolou requerimento solicitando do superintendente Elucinaldo Laurindo a repintura das faixas na Rua Lima Campos, no bairro do São Sebastião. “Desde a semana passada que tenho observado que essas faixas estão praticamente apagadas. Infelizmente, a cidade de Patos é muito quente e a tinta aplicada rapidamente se apaga.”, explicou a parlamentar. “Então, tão importante quanto a faixa são as placas sinalizando que naquele local existe uma faixa de pedestre. ”, argumentou a parlamentar, cobrando ainda a devida sinalização vertical.

Ainda na terça-feira, dia 09, o vereador Zé Gonçalves (PT) também cobrou do superintendente Elucinaldo uma atenção maior para com esse problema e fez o seguinte questionamento: “Isso ocorre por falta de planejamento ou por falta de tinta de qualidade. ”, indagou o parlamentar, relatando sua preocupação com os riscos que passam os pedestres.

Já na Sessão Ordinária desta quinta-feira (11), os vereadores Dércio Motos (Solidariedade) e Josmá Oliveira (Patriotas) também fizeram cobranças. Através do requerimento Nº 1.934/2021, Dércio solicita a repintura urgente das faixas. “Não somente das faixas, mas de toda sinalização horizontal da via principal, Horácio Nóbrega.”, cobrou Décio. “Aqui em Patos a STtrans utiliza dois tipos de tintas: uma a base de água e outra a base de solvente. Não aguenta um dia e se apaga. ”, afirmou Josmá Oliveira, sugerindo que a autarquia de trânsito utilize a tinta específica para esse fim. “Muito embora a tinta termoplástica, que é a indicada para esse tipo de pintura e que custa em média R$ 900,00 o latão possa até parecer mais cara, no entanto, o custo benefício é muito maior se comparado com a tinta comum que custa em média entre R$ 200,00 e R$ 300,00. ”, explicou o parlamentar, comparando o tempo de durabilidade da tinta na pista entre uma e outra. “Como sempre, o barato sai caro e a STtrans está, literalmente, jogando dinheiro fora. ” Arrematou.

Foto: Walterbartels.com

« Voltar